1/2

Notícias da Acomac - Edição 89

Somente após diagnóstico, será definido

o local do Centro Pop em Joinville”, garante a secretária de Assistência Social


A reunião mensal do Conselho das Entidades de Joinville, formado pela Acij, Acomac, Ajorpeme e CDL, debateu três importantes temas envolvendo a cidade: Centro Pop, Imposto de Renda e investimentos da Companhia Águas de Joinville. O encontro aconteceu na Ajorpeme, no último dia 27/05 (quinta-feira) e também reuniu o presidente da Associação Amigos da Segurança Pública de Joinville (AASP).


O primeiro tema abordado foi sobre o Centro Pop, com a presença da secretária de Assistência Social de Joinville, Fabiana Ramos Cardozo, e da coordenadora do Centro Pop no município, Ângela França, com o objetivo de tomar conhecimento sobre os avanços quanto à questão do Centro Pop.


No momento, segundo a secretária, a Prefeitura de Joinville está contratando uma empresa para elaborar um diagnóstico que indicará o melhor local para instalação desta unidade do Centro Pop. “Somente após finalizado este levantamento, será definido o local”, garante a secretária. Esta coleta de demandas terá duração de um ano e, quando finalizado, irá apontar a melhor localidade para sua instalação.


Questionada sobre os moradores de rua, ela frisa que Joinville conta atualmente com cinco instituições de acolhimento, oferecendo 105 vagas e servindo como dormitório para pessoas em vulnerabilidade e que estão perambulando pelas ruas. “No início de 2021, eram apenas 25 vagas disponibilizadas. Hoje, aumentamos para 105, numa parceria entre a Prefeitura e as instituições de acolhimento”, expõe.


Outro destaque é que Prefeitura está lançando um edital para contratação de uma equipe socioeducacional para fazer a abordagem e o encaminhamento dos moradores de rua. Pelo Cadastro Único, existem aproximadamente 750 pessoas em vulnerabilidade vivendo nas ruas da cidade.


Joinville possui dois Restaurantes Populares localizados no centro e no bairro Adhemar Garcia. No centro, são oferecidas três refeições com valores acessíveis: café da manhã, almoço e jantar. Vale ressaltar que a Secretaria de Assistência Social de Joinville está realizando a campanha de arrecadação de roupas, cobertores e kits de higiene, que podem ser entregues no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), na João Colin, 2719, ou então no Centro Pop, localizado próximo à rodoviária.


Imposto de Renda revertido para projetos sociais


Ainda dentro da reunião do Conselho das Entidades, o vereador Henrique Deckmann destacou a importância da destinação do Imposto de Renda. “Quem precisa pagar o imposto, pode reverter uma porcentagem para os projetos no município”, ressalta o parlamentar. Ele cita que os recursos podem ser destinados ao Fundo da Criança e do Adolescente, ao Fundo do Idoso ou também para o Simdec (Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura).


Os contribuintes podem destinar até 6% quando preencher a Declaração Completa do Imposto de Renda; as empresas têm possibilidade de destinar 1% do lucro real ao preencher o Imposto de Renda.


Como exemplo, em 2021, os joinvilenses destinaram mais de R$ 2,2 milhões para o Fundo da Infância e Adolescente e aproximadamente R$ 1,3 milhão para o Fundo do Idoso. “Importante ressaltar que podemos aumentar em muito este número. Com o apoio de todos, iremos dobrar e triplicar estes valores repassados aos Fundos”, salienta o vereador.


Investimentos da Companhia Águas de Joinville


O presidente da Companhia Águas de Joinville, Giancarlo Schneider, também foi um dos convidados do Conselho das Entidades. Em sua exposição, Giancarlo informou sobre o plano de expansão da estatal, que hoje a rede de esgoto está na casa dos 40%. “Hoje, todas as obras estão concentradas na Zona Sul da cidade por uma questão de alinhamento dos trabalhos. Vale ressaltar que os tubos estão sendo implantados nas calçadas ao invés de perfurar a rua”, informa o presidente.


A companhia, segundo ele, está estruturada em três pilares: experiência do cliente, melhoria estrutural e expansão da rede. Uma das novidades é o início, nas próximas semana, da construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no bairro Jardim Paraíso e outra no bairro Vila Nova. Ambas começam a operar no primeiro semestre de 2024.


Ele informou que a Companhia Águas de Joinville conquistou recentemente o prêmio Going Digital Awards in Infrastructure 2021, na categoria Sistemas de Água, Esgoto e Drenagem, com o projeto Simulação Hidráulica.

 

Formação de novos pintores em parceria com a Quartzolit


No último dia 30 de maio (segunda-feira) iniciamos a turma de 20 alunos que está realizando o curso gratuito para novos pintores. É uma parceria inédita entre a Acomac Joinville (por intermédio da Academia da Construção Erico Miquelute) e a Quartzolit. O curso acontece até o dia 4 de junho. Ao final, os participantes vão pintar a sede da Associação de Moradores do Morro do Meio como forma de mostrar, na prática, todo o conhecimento repassado a eles.

 

Simples Nacional volta a ser discutido

entre Conselho das Entidades e bancada parlamentar


O Conselho das Entidades de Joinville, formado pela Acij, Acomac, Ajorpeme e CDL, reuniu-se na manhã desta segunda-feira (30) com os deputados Fernando Krelling (estadual) e Darci de Matos (federal). O assessor Gilson Cidral representou o deputado Rodrigo Coelho no encontro realizado na CDL Joinville.


Na pauta, assunto recorrente entre os empresários joinvilenses: a alíquota do Simples Nacional. Atualmente, o sublimite estadual de enquadramento das micro e pequenas empresas é de R$ 3,6 milhões de faturamento anual, enquanto que o enquadramento federal é de R$ 4,8 milhões. Assim, a empresa que ultrapassa o faturamento do Estado é obrigada a entregar todas as obrigações acessórias e realizar a apuração de ISS e ICMS por fora do regime do Simples Nacional. O pedido do Conselho das Entidades é que o teto estadual seja o mesmo do federal.


O deputado Fernando Krelling informa que o governo do Estado é favorável a esta equiparação e que o tema precisa ser discutido na Câmara dos Deputados. Segundo o deputado Darci de Matos, a ampliação da tabela do Simples está sendo tratada pelo presidente da Comissão de Finanças e Tributação, deputado Marco Bertaiolli. “Será preciso mostrar ao governo e à Receita Federal que possíveis impactos na arrecadação será mais vantajoso para a economia do que perdas de receitas”, afirma Darci.


Contorno ferroviário

O deputado federal Darci de Matos informou que, em breve, fará reunião com o ministro de Insfraestrutura, Marcelo Sampaio, para incluir o contorno ferroviário como outorga na antecipação do contrato de concessão ferroviária da Malha Sul, de responsabilidade da concessionária RUMO.


As obras farão o desvio da linha férrea da área urbana de Joinville, saindo da zona Sul e seguindo para São Francisco do Sul pelo barro Itinga. Os aproximadamente 15 quilômetros de malha ferroviária que cortam a área urbana, cruzam 28 vias (oficiais ou consolidadas) da cidade. Com cerca de 2 quilômetros de extensão, os trens de carga que passam pelo perímetro urbano fecham, em média, cinco importantes cruzamentos, prejudicando o trânsito na região Sul.


Campanha #SeuVotoFazADiferença

A campanha #SeuVotoFazADiferença, promovida pela ACIJ, ACOMAC, AJORPEME e CDL Joinville tem como objetivo conscientizar o eleitor sobre a relevância do voto e foi bem recebida pela bancada parlamentar catarinense. Na primeira fase, o foco era a confecção do primeiro título pelos jovens, transferência de domicílio eleitoral e regularização. Os números do Tribunal Regional Eleitoral (TER-SC) mostram que Joinville ganhou cerca de 20 mil eleitores em comparação à eleição de 2020.


A próxima fase é mostrar aos eleitores a importância de votar em candidatos de Joinville e região, apresentando os recursos que os legisladores trouxeram para o Norte de Santa Catarina nos últimos anos.

 

28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo